quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Férias



O sono é mais gostoso
após o despertar do despertador
Soneca, parece horas...
Sonhava com algum amor
Levanto-me e levo até a praia
meu gosto, meu rosto
Meu cheiro e meu sabor
Pela manhã joguei
meu papo fora
Eu fiz castelo de areia
Admirei diversas sereias
e namorei as ondas do mar
Por vezes fico assustado
com quem passa, sem ter passado
Ou com aquele muito besuntado
de cremes e filtro solar
E quando o dia chega ao fim
peço uma chuva sobre mim
para deitar ao som de goteiras
Vai-se indo meu dia
enquanto chia a chaleira
Na roda de brincadeira
de chimarrão e poesia.

Marcelo Poeta

3 comentários:

www.poesia.artesplasticas disse...

Parabéns! Tá lindo o teu blog... Parabéns pelos belos textos e por tudo que ali está. Gostei muito... Estou seguindo vc... Um grande abraço deste seu amigo...

Gutiéri S disse...

Quero te parabenizar pelo trabalho (arte) diferenciado que tens feito aqui na região. A Hein tá no forno e vais gostar. Um abraço! Gutiéri Sanchez

Rita Mônica disse...

Puxa...parece as minhas férias!!!

Beijão, Poeta!